Administradora de condomínios - Lar.app

Gestão de condomínios: tudo o que você precisa saber


Postado em 09/12/2019

Poucas linhas de atuação profissional exigem conhecimento em campos tão diferentes como a função de síndico. Para fazer a gestão de condomínios apropriada, é preciso possuir uma boa noção da rotina contábil, civil, administrativa, trabalhista e, ainda, ter uma boa comunicação e capacidade para lidar com conflitos.

De fato, a gestão de condomínios é tão desafiadora, que algumas pessoas não entendem suas dificuldades em um primeiro momento e acabam assumindo esse compromisso sem conhecer bem a rotina de síndico. Mas, esse não precisa ser o seu caso. Separamos dicas e informações valiosas que qualquer profissional da área deve colocar em prática. Confira:

Estude sobre a gestão de condomínios

A gestão de condomínios é uma tarefa que exige flexibilidade e conhecimento em diferentes áreas, como falamos anteriormente. Por isso, se mostra necessário estudar para desempenhar esse papel de modo eficiente. No blog da LAR.app, você consegue aprender sobre os mais variados temas sobre a rotina de síndico.

Outra dica é a participação de convenções e eventos sobre gestão de condomínios. Esses encontros também possibilitam que você conheça pessoas que atuam em sua área. Assim, construindo o networking, é possível trocar figurinhas e aprender com alguém que tem o mesmo dia a dia que você.

Conte com a ajuda de uma boa administradora

Não importa qual é o porte do seu condomínio, a contratação de uma administradora de condomínios é verdadeiro investimento. Uma empresa do tipo fornece consultoria e suporte para as mais diversas rotinas do seu alojamento, que vão do auxílio na prestação de contas à escolha de fornecedores.

Para quem não quer ficar para trás, uma ótima estratégia é a realização de uma gestão de condomínios online. Um trabalho do tipo consiste na contração de uma administradora digital, que pode acabar com a burocracia e excesso de documentação em papel e é capaz de criar uma comunicação mais simplificada com o seu alojamento.

Isso permite que o síndico tenha fácil acesso a documentos, contas e informações na palma da mão. Como os processos ficam cada vez mais digitais, você não pode deixar seu condomínio no passado, não é mesmo?

Priorize a administração financeira

Quando chega a hora de calcular gastos e organizar as contas, a gestão de condomínios não é diferente da administração de uma empresa. Dessa maneira, como síndico, é preciso ficar atento sobre cada despesa do alojamento. Sim, sua atenção nunca deve ser desviada dos gastos recorrentes, como salários dos funcionários, impostos, fornecedores e contas. Porém, lembre-se de colocar as despesas periódicas na ponta do lápis da mesma maneira.

Caso após o pagamento das despesas e fundo de reserva terem sido realizados alguma quantia de dinheiro tenha sobrado, é indicado que o montante restante seja aplicado em uma “poupança” que gera renda ao condomínio. Se a situação tornar-se recorrente, é possível investir em uma renovação do alojamento, por exemplo.

Monte uma equipe vencedora

Ninguém faz uma gestão de condomínios perfeita sem contar com a ajuda de outras pessoas. Afinal, com a profissionalização da função de síndico, se mostra essencial contar com um time presente e que realmente possa te auxiliar. Desse modo, a seleção do subsíndico e dos conselheiros do empreendimento deve ser feita com atenção.

Esteja atento às novidades do mundo dos condomínios

O mercado que gira ao redor dos condomínios está em constante mudança no que diz respeito à leis e inovações. Sendo assim, é necessário estar atento e se atualizar a cada dia. Uma dica da LAR.app, é a coluna do nosso fundador Rafael Lauand, no site SíndicoNet, que fala sobre a modernização dos condomínios e dos síndicos também.

Treine e aperfeiçoe a sua comunicação

Para finalizar, é preciso considerar que um dos elementos mais importantes da gestão de condomínios - e da função de síndico - é a capacidade de comunicação. Porém, não é toda pessoa que se sente preparada e confortável para isso. Dessa maneira, se mostra essencial tentar extrair seus pontos fortes.

Para conseguir isso, faça uma reflexão: você considera sua capacidade de comunicação superior durante uma conversa “olho no olho”, por escrito ou falando ao telefone? Tendo uma resposta para isso, é possível priorizar uma maneira para manter contato com os condôminos.

O número de possibilidades é praticamente infinito. Você pode criar um grupo no whatsapp, separar um horário para receber condôminos em sua casa, disponibilizar seu e-mail ou telefone para responder dúvidas ou, até mesmo, criar um comunicado mensal sobre o que aconteceu no condomínio durante o período. Com isso definido, temos a certeza de que a gestão de condomínios será realmente eficiente.

Gostou das dicas? Se sim, compartilhe esse post clicando nos botões das redes sociais. Aproveite e conte para a gente quais elementos você considera mais importantes para uma gestão de condomínios estratégica e diferenciada.