portaria-virtual-para-condominio-como-funciona

Portaria virtual para condomínio: como funciona

Os dados da violência no Brasil preocupam. Por isso, o tema segurança é sempre um assunto quente em condomínios. Dessa maneira, muito se discute sobre possíveis métodos para prevenção de situações de risco nessas comunidades. Assim, a pauta sobre portaria virtual para condomínio é muito levantada durante assembleias. 

A portaria remota funciona como um sistema integrado que reúne vigilância, monitoramento e controla o acesso de moradores e visitantes do seu condomínio. Se bem utilizado, pode aumentar a segurança do empreendimento, além de resultar em redução de custos. Não acredita? Então, continue lendo o post: 

Entendendo a portaria virtual: como funciona 

A portaria virtual para condomínio é um sistema automatizado realizado à distância por uma empresa especializada. Usando recursos tecnológicos, elimina a presença física do porteiro por meio de uma central que controla a entrada e saída de moradores e visitantes de um prédio. Veja como a portaria remota funciona em condomínios: 

Para moradores

para-moradores
  • O fluxo de moradores dentro do condomínio acontece por meio de um sistema de identificação;
  • Esse serviço funciona como uma portaria de condomínio eletrônica;
  • O formato possibilita a independência do morador sobre seu acesso ao condomínio;
  • A permissão pode ser realizada por meio de tokens (também conhecidos como tags), smartphones, cartões de acesso ou até mesmo pela impressão digital. 

Para visitantes

para-visitantes
  • A transição de prestadores de serviço e visitantes ocorre por meio do acesso remoto de uma central de monitoramento;
  • O funcionário da empresa de portaria para condomínio identifica o morador e contata o morador procurado para liberar ou não o acesso ao prédio.

Considere o perfil do condomínio 

Seja um empreendimento residencial ou comercial, é importante identificar o perfil do condomínio a fim de entender se a portaria virtual é uma solução adequada. Na maioria dos casos, esse tipo de recurso é mais adotado em comunidades menores, de 40 a 80 unidades. 

Nesses lugares, a portaria virtual para condomínio é mais indicada por conta do custo elevado de mão de obra utilizada em um prédio com poucos apartamentos. Porém, os maiores também podem receber o serviço. Entretanto, o planejamento precisa ser maior. Principalmente por conta da segurança. 

Quais as vantagens da portaria virtual para condomínio? 

quais-as-vantagens-da-portaria-virtual-para-condominio

Durante o post, falamos sobre alguns benefícios da utilização da portaria virtual. Porém, explicaremos agora cada vantagem com mais detalhes para te ajudar a tomar a melhor decisão em seu condomínio. Confira: 

Redução de custos 

A portaria virtual para condomínio enxuga o número de funcionários e diminui despesas administrativas do empreendimento. Além disso, reduz possíveis riscos de ações trabalhistas de colaboradores. 

Monitoramento constante 

A implementação da portaria remota consiste na instalação de um maior número de câmeras pelo condomínio. Assim, a central de monitoramento consegue controlar entrada e saída de visitantes e observar possíveis quebras de segurança. 

Mais liberdade para os moradores

Outro aspecto bastante interessante da portaria virtual é o fato de que, por meio do recurso, os moradores do condomínio ganham mais independência para transitar pelo empreendimento. 

Aumento da segurança 

A portaria virtual para condomínio registra a entrada e saída de todas as pessoas que entram no empreendimento, incluindo visitantes e prestadores de serviço. O acesso à esses dados pode inibir possíveis tentativas de assaltos no prédio. 

Pontos de atenção da portaria remota 

pontos-de-atencao-da-portaria-remota

Antes de apresentar a portaria virtual para condomínio na assembleia do seu prédio, é preciso considerar alguns elementos que podem não ser muito apropriados para a sua comunidade. Veja mais: 

Dificuldade de adesão 

Um dos principais entraves para a adoção da portaria remota diz respeito à utilização do recurso por todos os moradores. Pessoas mais velhas ou propensas aos processos mais tradicionais podem ser resistentes à mudança. 

Falhas durante queda de energia…  

Esse elemento precisa ser levado em conta. A portaria virtual para condomínio deixa de funcionar com a falta de luz. Nesse sentido, ao utilizar o recurso, é importante contar com um gerador, principalmente para os portões. 

…e da internet   

O condomínio fica aberto à falhas quando ocorre queda da internet. Por isso, para garantir a segurança, é muito importante contar com pelo menos dois tipos de conexões distintas. Desse modo, se uma apresentar instabilidade, a outra passa a ser utilizada. 

Possíveis problemas durante entregas 

Pegar encomendas e correspondências fica muito mais fácil com a presença de um porteiro. Dessa maneira, o condomínio com portaria virtual deve contar com o auxílio do zelador para cumprir essa função. 

Gostou de conhecer um pouco mais sobre a portaria virtual para condomínio? Se você ainda não tem certeza se essa opção é a mais indicada para o seu empreendimento, não deixe de conferir nosso post sobre outros modelos de portaria!