Administradora de condomínios - Lar.app

Tudo sobre emergências e prevenção contra incêndio em condomínios


Postado em 11/02/2020

A segurança de condomínio é parte essencial de uma boa administração. Além disso, é um dos aspectos que mais geram preocupação dos moradores. Afinal, muitas tragédias aconteceram nesses espaços e ganharam as manchetes dos noticiários ao redor do Brasil. Por isso, é essencial lidar com emergências e aprender tudo sobre a prevenção contra incêndio em condomínios.

Pensando na segurança dos seus condôminos, a LAR preparou um conteúdo exclusivo sobre medidas de segurança contra a ocorrência de incêndio em prédios. Siga nossas dicas e tenha uma administração ainda mais bem-sucedida. Confira:

Entendendo o AVCB

O primeiro passo para aplicar a prevenção contra incêndio em condomínios, é conhecer o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), que pode ter outros nomes fora do Estado de São Paulo. Esse documento regulamenta as condições de segurança de prédios públicos e particulares, certificando sua segurança em casos de incêndios e desmoronamento.

Isso quer dizer que o AVCB atesta se sua edificação conta com as medidas mínimas de segurança e prevenção contra incêndios implementadas. Desse modo, o documento só é expedido após uma vistoria do Corpo de Bombeiros no imóvel.

A importância da prevenção contra incêndio em condomínios

A tragédia no centro de treinamento do Flamengo

O incêndio no Flamengo ocorrido em fevereiro de 2019 acendeu um alerta de segurança em todo o País. Sem certificado do Corpo de Bombeiros, foi reportado pelas autoridades que o clube já havia sido denunciado pelo Ministério Público por condições precárias no alojamento que pegou fogo.

Sendo assim, segundo o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil do Rio de Janeiro, as instalações flamenguistas atingidas pelas chamas não dispunham de laudo técnico (semelhante ao AVCB), que atesta o cumprimento de normas de segurança e prevenção contra incêndios previstas pela legislação.

O local, que passou por reforma de mais de R$ 20 milhões, estava em processo de regularização de documentos para obter o certificado. No entanto, a prefeitura do Rio informou que a área incendiada (descrita pelo clube como estacionamento no último projeto remetido às autoridades) funcionava como edificação de dormitório e nem ao menos tinha um alvará de funcionamento.

Como uma boa gestão atua na prevenção contra incêndio em condomínios

Difundida em diferentes áreas, a metodologia de cronograma destaca a necessidade de um documento orientador para o planejamento de projetos conhecido como “Plano de Gerenciamento do Projeto” (utilizado pela LAR no gerenciamento de nossos clientes). Esse documento integra e consolida vários planos auxiliares, incluindo o cronograma do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB).

Dessa forma, isso reforça o fato de que começar a escrever uma lista de tarefas sem pensar em um cronograma e nos objetivos a longo prazo é um erro que muitos síndicos e gestores acabam cometendo. Então, antes de pensar em ações práticas, elabore um plano tático e estratégico a fim de atingi-las!

Com um cronograma claro de atividades, tanto de vistoria quanto de manutenção a chance de tragédias é minimizada. Afinal, cuidar da segurança e prevenção contra incêndio em condomínios é parte primordial de uma boa administração.

Para garantir isso, os cuidados contra incêndios devem ser verificados pelo síndico em conjunto com a administradora. Veja os principais pontos:

  • Cronograma de manutenção bem atualizado para cuidados preventivos;
  • Plano de emergência no caso de incêndio;
  • Treinamento da brigada de incêndio;
  • Equipamentos de combate ao fogo revisados;
  • Portas corta-fogo nas escadas.
Prevenção de incêndio em condomínios: o AVCB

Porém, lembre-se: essas são apenas algumas partes do que deve ser checado periodicamente e sempre devem estar inseridos em um bom cronograma de gestão, sendo que é fundamental que sejam abordados todos os itens necessários para o AVCB.

O que não deve faltar para seu prédio ter o AVCB

Além dos itens acima destacados, é fundamental que outros itens necessários sejam atingidos para que a prevenção contra incêndio em condomínios aconteça. Veja mais:

  • Abrangência do Grupo-Gerador (se o condomínio tiver). Esse atestado comprova que o aparelho do condomínio funciona corretamente;
  • Anotação de Responsabilidade Técnica das Instalações de Gás. É utilizado para saber se a tubulação não apresenta vazamentos e se está funcionando a contento;
  • Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) dos para-raios: a medição ôhmica do aparelho deve ser feita anualmente por força de lei. Esse é um elemento importante para se receber seguro em caso de sinistro;
  • Atentado de Brigada de Incêndio. Nada mais do que a capacitação que o condomínio deve oferecer periodicamente;
  • Atestado da Escada Pressurizada. Se o condomínio possuir esse tipo de instalação, a mesma deve estar em dia;
  • Atestado dos Sistemas de Combate a Incêndio. Itens de segurança como hidrantes, extintores, corrimãos, sinalização de emergência, portas corta-fogo, entre outros;
  • Controle de Materiais de Acabamento e Revestimento (CMAR). Serve para atestar que carpete, tintas e materiais utilizados no condomínio são anti-fogo;
  • Laudo Elétrico: documento que atesta boas condições das instalações elétricas do condomínio.
Prevenção contra incêndio em condomínios: o que não pode faltar

Conheça as tecnologias que auxiliam na prevenção contra incêndio em prédio

A LAR recomenda que você fique atento às novas tecnologias. Desse modo, uma boa forma de começar é encontrar aquelas já disponíveis na palma da sua mão. Como, por exemplo, o aplicativo para smartphones do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo, que pode ser baixado na Play Store (baixe agora) ou na App Store (baixe agora).

Pelo app, é possível consultar as licenças emitidas pela corporação, como AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) e CLCB (Certificado de Licença do Corpo de Bombeiros). Assim, fica fácil evitar incêndio em prédios e tornar seu condomínio ainda mais seguro!

Gostou das nossas dicas de prevenção contra incêndio em condomínios? Então, compartilhe esse post nos botões das redes sociais ao lado ou deixe seu comentário!